DESTAQUES

Notícias Nacionais

Notícias das Dioceses

Ministérios

Nossa Igreja

segunda-feira, 5 de setembro de 2016

Grupo de Oração comemora 26 anos

Grupo de Oração Sarça Ardente comemora 26 anos de evangelização na Capital do Piauí


O Grupo de Oração Sarça Ardente completou 26 anos de ação evangelizadora no último dia 03 de setembro. Uma celebração no Clube de Jovens do bairro Lourival Parente, na zona sul de Teresina, marcou o momento festivo.

A programação iniciou com a Santa Missa, às 18h, seguida de momentos de louvor e oração. A atração ficou por conta do grupo musical “Ministério há uma força”.

Vale evidenciar que o Sarça Ardente é uma célula fundamental da Renovação Carismática Católica, movimento eclesial inserido e aprovado pela Arquidiocese de Teresina e tem como identidade a efusão do Espírito Santo, a vida em comunidade e o exercício dos carismas. Deseja evangelizar com renovado ardor missionário e as reuniões do grupo ocorrem nas segundas-feiras, às 19h, na sede da Capela que irá sediar a confraternização.
 
De acordo com o coordenador do Ministério Jovem do grupo, Ráurison Ribeiro que integra a RCC há 10 anos e o grupo há dois, “fazer parte do ‘Sarça’ permitiu a busca por jovens que anseiam por uma experiência pessoal e única com Jesus Cristo. O grupo foi a forma que o Senhor me proporcionou para que eu diariamente vivencie a experiência de ser Igreja e ao mesmo tempo manter-me ligado à minha paróquia que é a Nossa Senhora da Imaculada Conceição. Ser Sarça me deixa profundamente feliz”, atesta.

O Sarça Ardente iniciou com um pequeno número de irmãos, no ano de 1990 quando ainda era área pastoral da Paróquia São João Batista, no bairro Parque Piauí. Hoje pertence à Paróquia Nossa Senhora da Imaculada Conceição (bairro Morada Nova).

A organização do momento festivo reforça ainda que “em unidade com a paróquia, o presente de aniversário que queremos é a climatização de nossa Capela e estamos nos empenhando juntamente com toda a nossa comunidade para alcançar tal fim. Distribuímos entre os servos e os participantes os envelopes da Campanha de Climatização. No dia do aniversário cada um contribuirá com a quantia financeira que lhe for conveniente”, finaliza.

sexta-feira, 26 de agosto de 2016

Papa nomeia arcebispo para missa de canonização de Madre Teresa de Calcutá


O papa Francisco nomeou o arcebispo de Sarajevo (Bósnia-Herzegovina), o cardeal Vinko Pulic, como enviado especial à missa que irá celebrar a canonização da beata Madre Teresa de Calcutá em Skopje, sua cidade natal na Macedônia. A missa será no próximo dia 11 de setembro, sendo que a canonização está prevista para o dia 4, na Praça São Pedro, no Vaticano.

Este é um dos eventos mais importantes do Jubileu Extraordinário da Misericórdia. A informação foi divulgada pela Santa Sé. Nascida em 1910, em Skopje, Madre Teresa, ou Anjezë Gonxhe Bojaxhiu, morreu em 1997, em Calcutá, na Índia, onde passou boa parte de sua vida. Sua atuação como missionária rendeu o Prêmio Nobel da Paz em 1979, mas também a antipatia do regime de Enver Hoxha na Albânia, país ao qual pertencia Skopje na época de seu nascimento.

Ela deixara a nação quando tinha apenas 18 anos e só conseguiu retornar em 1989, quando o comunismo começava a desmoronar. Seus parentes já tinham morrido, mas Madre Teresa rezou sobre seus túmulos -- e também sobre o do ditador que a separara de sua família. A futura santa morreu em setembro de 1997, seis anos antes de ser beatificada pelo papa João Paulo II.
 
Fonte: Agência Brasil EBC

Apresentado logotipo da Canonização de Madre Teresa de Calcutá


Mumbai (RV) – Foi criado em Mumbai, na Índia, o logotipo oficial da Canonização de Madre Teresa de Calcutá, que terá lugar no Vaticano, no próximo dia 4 de setembro.



O logotipo foi criado pela designer indiana, Karen Vaswani Nee D’Lima, católica, da paróquia de Nossa Senhora das Vitórias, em um bairro de Mumbai.Karen iniciou a sua carreira de designer aos 21 anos de idade. Ela oferece, gratuitamente, este seu serviço profissional a muitas paróquias da cidade, tudo pela “Glória de Deus”, segundo o espírito de Madre Teresa.

“Eu nunca encontrei Madre Teresa pessoalmente, mas sempre tive grande admiração pelo seu trabalho. Devido à minha experiência profissional, sempre estive envolvida nas obras de caridade”, explicou Karen.

O logotipo, realizado pela designer indiana a pedido da Arquidiocese de Calcutá, agradou muito à Superiora Geral das Missionárias da Caridade, Irmã Mary Prema, e ao Padre Brien, Postulador da Causa de Canonização, que, agradecidos, o adotaram também em nível internacional.

O tema indicado pelo Vaticano para a realização do logotipo foi “portadores do amor terno e misericordioso de Deus”. Com base neste tema, Karen criou uma imagem clássica de Madre Teresa que, “com amor segura um menino nos braços”. Trata-se de um estilo gráfico bem simples e em duas cores, para facilitar o uso pela mídia mundial.

Por fim, a designer indiana afirmou: “Antes de fazer o logotipo, agradeci a Deus por ter-me dado esta oportunidade; depois, rezei para que Ele me iluminasse na sua realização, para que fosse simples, incisivo e falasse por si só”. (MT)

Fonte: Rádio Vaticano

 

quinta-feira, 25 de agosto de 2016

Bispos italianos doam um milhão de euros a vítimas de terremoto


Roma (RV) - A Conferência Episcopal Italiana (CEI) manifesta sua solidariedade concreta às regiões do Lácio e das Marcas – centro da Itália – atingidas na madrugada desta quarta-feira (24/08) pelo terremoto de 6,2 graus na escala Richter, cujo balanço provisório é de mais de 80 mortos.



Em consequência do abalo sísmico, a Conferência Episcopal Italiana doa “um milhão de euros do fundo oito por mil para fazer frente às primeiras urgências e às necessidades essenciais”.

“A Igreja na Itália detém-se em oração por todas as vítimas e expressa fraterna proximidade às populações atingidas por este dramático evento”, lê-se no comunicado da presidência da CEI, que convida as dioceses, a rede das paróquias, dos institutos religiosos e das agregações laicais a aliviar as difíceis condições em que as pessoas atingidas se encontram.

Com essa finalidade, a Igreja na Itália convoca uma coleta nacional, a realizar-se em todas as Igrejas da Península em 18 de setembro próximo, em concomitância com o 26º Congresso Eucarístico Nacional, “como fruto da caridade que deste deriva e de participação de todos diante das necessidades concretas das populações atingidas.”

Por sua vez, a Arquidiocese de Milão manifesta sua participação no luto e no sofrimento que atingiram os habitantes de várias localidades do Lácio e das Marcas, fazendo-o mediante “a oração e a proximidade de afeto a todos os homens e mulheres atingidos por esta tragédia”.
“Empenhamo-nos em favor destas populações com obras de misericórdia, aderindo à coleta proposta pela Conferência episcopal a toda a Igreja italiana”, e, imediatamente, “através da Caritas ambrosiana e de outras estruturas diocesanas tanto com o envio de agentes e voluntários ao lugar do sismo, como com uma coleta específica de fundos como uma primeira ajuda”, declarou o Arcebispo de Milão, Cardeal Angelo Scola.

“Nas próximas horas teremos uma ideia mais clara e poderemos iniciar um plano de intervenção coordenando-nos com a Caritas italiana e as outras Caritas diocesanas. Mas desde já queremos expressar a nossa solidariedade. Por essa razão alocamos uma primeira soma de 50 mil euros e convidamos os fiéis a dar sua contribuição”, disse em comunicado o diretor da Caritas da arquidiocese milanesa, Luciano Gualzetti. (RL)

Fonte: Rádio Vaticano

Vaticano: Papa presidiu a Missa pelas vítimas do sismo na Itália

Foto: Lusa

Francisco convidou monjas de clausura atingidas por terremoto em 1997



Cidade do Vaticano, 25 ago 2016 (Ecclesia) - O Papa presidiu hoje no Vaticano a uma Missa em sufrágio pelas vítimas do sismo que esta quarta-feira atingiu a região central da Itália, na companhia de monjas de clausura atingidas por um terramoto em 1997.

Francisco rezou pelos mais de 240 mortos e 260 feridos durante o momento das intenções de oração da Eucaristia celebrada na capela da Casa de Santa Marta.

A intenção foi apresentada por umas das clarissas de Santa Maria di Vallegloria, religiosas de clausura simbolicamente presentes na Missa: a comunidade de clausura foi atingida por um terramoto em 1997 e foi obrigada a viver durante 14 anos num espaço provisório.

Francisco quis elogiar o testemunho de “esperança” destas religiosas e sublinhou a importância de entender que “a verdadeira riqueza dos consagrados são os dons do Senhor”.

“Um dos sinais - e isso é matemático, que se vê continuamente - de que uma comunidade religiosa, uma congregação religiosa, está em decadência, é que começa a apegar-se ao dinheiro”, prosseguiu, numa homilia divulgada pelo jornal do Vaticano.

O Papa sublinhou depois que as pessoas reconhecem o “testemunho” de vida das religiosas de clausura.

“As pessoas sabem que ali estão mulheres consagradas que rezam, que apoiam a Igreja com as orações, e isso é um testemunho”, precisou.

Além da Missa pelas vítimas do sismo, Francisco decidiu enviar hoje seis gendarmes do Vaticano para as zonas atingidas pelo terramoto, os quais, em colaboração com a Proteção Civil Italiana, vão estar ao serviço das vítimas.

Já esta quarta-feira, uma equipa de bombeiros do Vaticano tinha seguido para a localidade de Amatrice, uma das mais afetadas pelo sismo, “como sinal concreto da proximidade do Santo Padre”, explicou a Santa Sé em comunicado.

Francisco tinha recordado as vítimas do sismo durante a audiência pública semanal desta manhã, na Praça de São Pedro, manifestando o seu pesar e “grande dor” perante o cenário de morte e destruição.

O terramoto ocorreu às 03h36 locais (02h36 em Lisboa) de quarta-feira, a sudeste de Nórcia, cidade da província de Perúgia, na região da Umbria, seguindo-se réplicas ali e nas regiões de Lácio, nas proximidades de Roma, e das Marcas.

Fonte: Agência Ecclesia

Está próximo! Será neste final de semana em Campo Maior!

A Igreja não está no mundo para condenar, mas para permitir o encontro com aquele amor visceral que é a misericórdia de DEUS.” Papa Francisco (O nome de Deus é Misericórdia). 

Como Igreja devemos verdadeiramente viver esse amor e levar para muitos essa experiência. Vivendo o Jubileu Extraordinário da Misericórdia convidamos a todos a participar do XVI Congresso Diocesano da Renovação Carismática Católica de Campo Maior com o tema “Sede misericordiosos como vosso Pai é misericordioso”, que será realizado no Colégio Patronato Nossa Senhora de Lourdes nos dias 27 e 28 de agosto a partir das 08:00 horas da manhã. 

O Congresso Diocesano é um momento para reunir toda a família, tanto você que é adulto, jovem, idoso e até para as crianças com o Congressinho, onde, as mesmas serão evangelizadas da mesma maneira, só que na sua linguagem infantil. Participe você também desta experiência maravilhosa do amor de Deus! 

O pai das misericórdias estará de braços abertos para acolher cada um dos seus filhos. Segue abaixo a programação pra lá de especial: Louvor; Oração; Adoração ao Santíssimo Sacramento; Pregação da Palavra de Deus; Santa Missa; e apresentações artísticas. 

Presença confirmada neste Congresso de, Maria Beatriz Spier Vargas (Coord. Nacional do Min. Pregação), Maria da Conceição Salomé (Coord. da Comissão de Formação da RCC-PI), Rafael Alves da Silva (Coord. Diocesano do Min. Oração por Cura e Libertação), presença confirmada de nosso Diretor Eclesial Padre Alcindo Saraiva Martins e Nilde Freitas (Presidente do Conselho estadual da RCC-PI)

“Espero que o Jubileu Extraordinário faça emergir cada vez mais o rosto de uma Igreja que redescobre as entranhas maternas da misericórdia e que vai ao encontro de tantos feridos necessitados de escuta, compreensão, perdão e amor”. Papa Francisco.

Ministério de Comunicação Social
Diocese de Campo Maior/PI

quarta-feira, 24 de agosto de 2016

Papa Francisco aceita pedido de renúncia de Dom Alfredo


Dom Alfredo Schaffler
Bispo coadjutor, dom Juarez Sousa da Silva, assume o governo pastoral da diocese de Parnaíba
O papa Francisco acolheu, nesta quarta-feira, 24 de agosto, o pedido de renúncia ao governo pastoral da diocese de Parnaíba (PI) apresentado por dom Alfredo Schaffler, por motivo de idade. Ao mesmo tempo, foi nomeado como novo pastor da Igreja particular o bispo coadjutor, dom Juarez Sousa da Silva. 

 

 

 

Dom Juarez

 

Dom Juarez

Nascido em Barras (PI), em 30 de junho de 1961, dom Juarez Sousa da Silva foi ordenado presbítero em 1994, na cidade de Barras (PI). Dom Juarez é mestre em História Eclesiástica pela Pontifícia Universidade Gregoriana, em Roma, na Itália. 
Dom Juarez foi nomeado bispo em 27 de fevereiro de 2008 e ordenado em 17 de maio do mesmo ano, em Oeiras (PI).

Angelus: "Jesus é a porta que nos propicia amor, compreensão e proteção"

“Nossa vida não é um videogame e nem uma novela. Nossa vida é uma coisa séria e o objetivo a alcançar é importante: a salvação eterna”. Assim disse o Papa em sua reflexão neste domingo (21/08). Aos milhares de fiéis que neste domingo ensolarado tomaram a Praça São Pedro, o Papa falou sobre a salvação representada pela porta de Jesus, que conduz ao perdão do Pai.

Porta de Jesus é sempre aberta para todos
“A porta da misericórdia de Deus – prosseguiu – é sempre aberta para todos. Deus não tem preferências, pois acolhe sempre todos, sem distinção. E a salvação que Ele nos dá é um fluxo incessante de misericórdia que derruba qualquer barreira e abre para surpreendentes perspectivas de luz e de paz”.
No Evangelho de Lucas, Jesus adverte: “Esforçai-vos por entrar pela porta estreita. Pois eu vos digo que muitos ten­tarão entrar e não conseguirão”. “Esta porta não é estreita porque é oprimente – explicou o Papa – mas porque assim, nós limitamos e contemos nosso orgulho e nosso medo; e nos abrimos com coração humilde e confiante a Ele, reconhecendo-nos como pecadores e necessitados de seu perdão”.

Em silêncio para meditar com os fiéis
Improvisando, o Papa propôs aos presentes que pensassem em silêncio alguns instantes nas coisas que cada um têm dentro e que impedem que se atravesse esta porta: o orgulho, a soberba, os pecados...
“Depois, pensemos na outra porta, aquela que está escancarada... a da misericórdia de Deus que nos espera do outro lado, para nos perdoar. Esta porta é a ocasião”.
Referindo-se ainda à narração de Lucas, Francisco lembrou que “a um certo ponto, o dono da casa se levanta e fecha a porta. “Mas se Deus é bom e nos ama, por que fecha a porta? Porque nossa vida não é um videogame e nem uma novela. Nossa vida é uma coisa séria e o objetivo a alcançar é importante: a salvação eterna. Ao entrar pela porta de Jesus, a porta da fé e do Evangelho, deixamos para trás atitudes mundanas, maus hábitos, egoísmos e fechamentos”.

Maria nos ajude a compreender
A exortação final do Pontífice foi a Maria: “a ela, peçamos que nos ajude a entender as ocasiões que o Senhor nos oferece para atravessar a porta da fé e percorrer uma estrada maior: o caminho da salvação, capaz de acolher todos os que se deixam envolver pelo amor. É o amor que salva; é o amor que na terra é fonte de bem-aventuranças para aqueles que na mansidão, na plenitude e na justiça, se esquecem de si e se doam aos outros, especialmente aos mais frágeis”. 

Fonte: Rádio Vaticano

Agora você pode contribuir com a RCC através do cartão de crédito


Contribuir com a RCCBRASIL está muito mais fácil, chegou o crédito recorrente!
Já pensou contribuir com os projetos da Renovação Carismática Católica, fazer o bem a milhares de pessoas e sem precisar ir ao banco e enfrentar filas? Com essa nova modalidade agora é possível. No crédito recorrente, a sua contribuição é efetuada no pagamento da fatura do seu cartão, sendo uma forma mais prática para quem já é um contribuinte e também para as pessoas que desejam iniciar a ajuda ao Movimento.
Com essa modalidade, o valor total da compra não compromete o limite do cartão de crédito, mas, apenas o valor da parcela.  Ou seja, não se trata de um valor anual dividido em parcelas que irão comprometer o valor total na fatura, mas trata-se de uma colaboração mensal diretamente no cartão de crédito, onde o valor que afeta a fatura é apenas o da mensalidade que você optar no seu cadastro.
O crédito recorrente está disponível tanto para colaboradores do projeto Semeando a Vida no Espírito (Sede Nacional), como para quem contribui com o projeto Nossa Vida em Missão (Missão Marajó, Editora RCCBRASIL, IEAD, Escritório Nacional, Encontros Nacionais, etc.). A nova modalidade está acessível para cartões das bandeiras Visa e Mastercard.
O crédito recorrente foi uma sugestão dos próprios contribuintes da RCCBRASIL por ser uma forma prática e segura de contribuição. Com ele o contribuinte pode escolher qualquer valor para doação, a partir de R$20,00, e será cobrado do colaborador diretamente na fatura, sem carnês, boleto ou qualquer tipo de transferência. Desta forma, a pessoa é debitada automaticamente, evitando esquecer o dia do pagamento.
Seja você também um colaborador da RCCBRASIL! Para contribuir, basta acessar a área de colaboração na página www.rccbrasil.org.br/projetos/eu-colaboro e selecionar a opção "Cartão de Crédito". Quem já é um colaborador  pelo carnê e deseja migrar para essa nova forma basta fazer contato com o  Escritório Nacional ligando para (12) 3151-4155 ou encaminhando e-mail para o atendimento do projeto de sua escolha de contribuição, Semeando a Vida no Espírito: sedenacional@rccbrasil.org.br;ou Nossa Vida em Missão:  cadastro@rccbrasil.org.br.
 Fonte; RCC Brasil

 
Copyright © 2015 RCCPIAUÍ - Renovação Carismática Católica do Piauí. Desenvolvido por Ministério de Comunicação Social