DESTAQUES

Notícias Nacional

Notícias diocesanas

Ministérios

A Igreja

quarta-feira, 19 de abril de 2017

Páscoa: Esperança de Ressurreição


O Senhor ressuscitou! Aleluia! O sepulcro está vazio. Aleluia!
Na páscoa, celebra-se a ressurreição de Jesus Cristo no terceiro dia de sua crucificação (cf. I Cor 15,4). Quando na última Ceia, o Senhor dirigiu o olhar de seus discípulos para a realização da Páscoa no Reino de Deus:"Desde agora não beberei deste fruto da videira até aquele dia em que convosco beberei o vinho novo no Reino de meu Pai" (Mt  26,29). O Catecismo da Igreja Católica nos ensina que toda vez que a Igreja celebra a Eucaristia, lembra-se desta promessa, e seu olhar se volta para "Aquele que vem"(Ap 1,4).”  (CIC 1403). As celebrações desse período nos lembram o mistério de nossa redenção: a sua prisão, o seu julgamento, a sua condenação, a sua crucificação, morte e ressurreição, e vem nos lembrar que precisamos assumir a vida nova que ele oferece para cada um de nós.

A páscoa e os discípulos
A páscoa no Novo Testamento é a passagem da morte para a vida, onde se renovam as esperanças perdidas, como foi o caso dos discípulos de Emaús, que após a morte do mestre ficaram desorientados e sem esperança, pensaram em desistir e se afastaram da comunidade de discípulos (Lc 21,13-35).  Este fato não foi diferente com os outros seguidores de Jesus, que ficaram completamente desorientados e se transformaram em pessoas sem rumo e sem direção. Estavam com medo, recolhidos, inseguros e em sofrimento.
Jesus antes de subir aos céus, ordenou que permanecessem juntos e em oração, pois sabia que eles estavam sem entendimento de tudo aquilo que estava acontecendo. Em uma dessas aparições o Senhor lhes disse: “Isto é o que vos dizia quando ainda estava convosco: era necessário que se cumprisse tudo o que de mim está escrito na Lei de Moisés, nos profetas e nos Salmos”.(Lc 24,44).

A vivência da Páscoa é para hoje
A nossa vida é marcada por acontecimentos bons e ruins, por experiências que podem nos levar a Deus e nos distanciar Dele. Nos dias atuais, encontramos pessoas que perderam totalmente o sentido da vida, que mesmo depois de terem uma experiência pessoal com Jesus, como os discípulos de Emaús, perderam a esperança, perderam a fé, vivem desanimados. Algumas pessoas até pensam em tirar a sua própria vida. Passam anos se culpando pelos seus erros e esquecem a promessa de que fomos justificados pela morte e ressurreição de Jesus (Rm 4,25).
É pela ressurreição de Jesus, aceitando os mistérios de sua redenção, que temos a oportunidade de assumir uma vida nova cheia das promessas de cura, restauração e revigoramento espiritual.  “Mas Deus, que é rico em misericórdia, impulsionado pelo grande amor com que nos amou, quando estávamos mortos em consequência de nossos pecados, deu-nos a vida juntamente com Cristo - é por graça que fostes salvos! -, juntamente com ele nos ressuscitou e nos fez assentar nos céus, com Cristo Jesus” (Ef 2,4-6). Com a morte de Jesus, morremos para o homem velho juntamente com todos os erros e acusações que nos acompanhavam, e ressuscitamos com Cristo para uma vida nova, com uma nova visão, com um novo sentimento, com uma nova esperança.
No dia em que comemoramos a ressurreição de Jesus, vamos dar oportunidade a Deus para realizar em nossas vidas tudo aquilo que sempre ele planejou para cada um de seus filhos, dar vida nova e vida em abundância (Jo 10,10). Tendo a certeza de que “todo aquele que está em Cristo é uma nova criatura. Passou o que era velho; eis que tudo se fez novo” (2 Cor 5,17), podemos proclamar com alegria: com Cristo sou uma nova pessoa, renovado e restaurado pelo poder da ressurreição.
 Que a Páscoa do Senhor seja a nossa páscoa, seja para cada um de nós, esperança de ressurreição, saindo da vida velha e assumindo a vida nova juntamente com Ele que está vivo e ressuscitado. Proclamemos sempre: o Senhor ressuscitou! Aleluia! Oh, morte! Onde está tua vitória? O sepulcro está vazio. Aleluia!

Tony Sá
Grupo de Oração Luz e Salvação.
Diocese de Santarém - Pará

Sete anos de IEAD RCCBRASIL


O dia 19 de abril é uma data muito importante para a Renovação Carismática Católica do Brasil. É a data de criação do Instituto de Educação a Distância, o IEAD, que oferece formação sólida e acessível por meio dos cursos online. Fundado em 2010, o Instituto está celebrando seu sétimo aniversário e tem muitos motivos para comemorar.
Já foram realizadas mais de 15 mil matrículas nos cursos online que oferecem formações complementares para a atuação no Grupo de Oração e para a vida cristã como um todo. Márcia Dalva Machinski, gerente educacional do Instituto, explica que as formações do IEAD não substituem as formações oferecidas pelos Grupos de Oração e dioceses. Entretanto, elas são complementares, aumentando o aprendizado do servo e que podem melhorar o desenvolvimento da missão.
Márcia destaca ainda que cada vez mais tem-se estreitado os laços com as coordenações de Ministérios para que a produção dos cursos esteja estritamente de acordo com o conteúdo formativo aplicado e que atenda às necessidades de formação existentes. Ela menciona o curso Formação de Formadores, que foi todo preparado pelo Ministério de Formação, com a ajuda da equipe do IEAD, e foi gravado pelos próprios coordenadores. “Hoje este curso foi inserido no processo formativo do ministério”, destaca.
Além do Formação de Formadores, recentemente o IEAD lançou mais 13 cursos voltados para a formação dos Ministérios, como Formação para Evangelizadores de Crianças e Adolesantos, Formação de Músicos, Ministério de Oração por Cura e Libertação e o Instrumentos Eficazes para melhor compreender a Bíblia, este último muito aplicado pelo Ministério de Pregação, mas que, segundo Márcia Machinski, é importante para todos os evangelizadores.
Ao todo, o IEAD possui hoje 19 cursos, que estão organizados na área bíblica, Ministérios, Eclesiologia, Mariologia e Identidade da RCC.

Parceira internacional
No início de 2017, foi realizado o lançamento do primeiro curso voltado para estrangeiros do IEAD. Este curso é uma produção conjunta com o Conselho Carismático Católico Latino-americano (CONCCLAT) e atende a uma necessidade de formação nos países da América Latina. Ele foi desenvolvido pelo CONCCLAT e foi confiado ao IEAD da RCCBRASIL o desenvolvimento da parte técnica.
O curso Bautismo en el Esípíritu Santo é ministrado por Andres Arango, vice-presidente do CONCCLAT, e é todo produzido em espanhol.

Saiba mais e inscreva-se
Para saber mais sobre o Instituto de Educação a Distância da RCCBRASIL, basta acessar o site ieadrccbrasil.com.br. Aproveite e inscreva-se em um dos 19 cursos. Alguns deles estão com desconto por tempo limitado. Aproveite.

Fonte: IEAD RCC Brasil

segunda-feira, 10 de abril de 2017

Papa pede atenção ao uso distorcido das biotecnologias

© Antoine Mekary/ALETEIA

O Papa Francisco recebeu em audiência, nesta segunda-feira (10/04), na Sala dos Papas, no Vaticano, trinta membros da Comissão Nacional de Biossegurança, Biotecnologia e Ciências da Vida.
O Pontífice agradeceu a comissão italiana pelo trabalho desempenhado na Presidência do Conselho de Ministros nos vinte e cinco anos de sua criação. “Os temas e questões que essa comissão aborda são importantes para o homem atual, seja como indivíduo seja na dimensão relacional e social, começando da família até as comunidades local, nacional e internacional, e o cuidado da criação”, disse Francisco.
“Javé Deus tomou o homem e o colocou no jardim de Éden, para que o cultivasse e guardasse”, diz o Livro do Gênesis (2, 15). O Papa citou o livro bíblico para ressaltar que a cultura à qual os membros da comissão “são representantes críveis no campo das ciências e tecnologias da vida, traz consigo a ideia de cultivação”.
“Ela expressa bem a tensão para fazer crescer, florir e frutificar, através do engenho humano, o que Deus colocou no mundo. Não podemos nos esquecer que o texto bíblico nos convida também a custodiar o jardim do mundo”, destacou.
“Conforme escrevi na Encíclica ‘Laudato si’, enquanto cultivar significa arar ou trabalhar um terreno, custodiar significa proteger, cuidar, preservar, conservar e vigiar. Isso requer uma relação de reciprocidade responsável entre ser humano e natureza. A tarefa dessa comissão não é somente a de promover o desenvolvimento harmonioso e integral da pesquisa científica e tecnológica relativa aos processos biológicos da vida vegetal, animal e humana; ela tem também a tarefa de prever e prevenir as consequências negativas que o uso distorcido dos conhecimentos e capacidades de manipulação da vida pode provocar.”
“O princípio de responsabilidade é um pilar imprescindível da ação humana que deve responder os próprios atos e omissões perante a si, aos outros e a Deus. Corre-se o risco de que os cidadãos, seus representantes e governantes não sintam plenamente a seriedade dos desafios que se apresentam, a complexidade dos problemas a serem resolvidos, e o perigo de usar mal a potência que as ciências e as tecnologias da vida colocam em nossas mãos.”
“Quando a interação entre poder tecnológico e poder econômico se torna mais estreita, os interesses podem condicionar os estilos de vida e as tendências sociais na direção do lucro de certos grupos industriais e comerciais, em detrimento das populações e nações mais pobres. Não é fácil alcançar uma composição harmoniosa das diferentes instâncias científicas, produtivas, éticas, sociais, econômicas e políticas, promovendo o desenvolvimento sustentável que respeite a ‘casa comum’. Esta composição harmoniosa requer humildade, coragem e abertura ao confronto entre as diferentes posições, na certeza de que o testemunho dado pelos homens de ciência em prol da verdade e do bem comum, contribui para o amadurecimento da consciência social.”
O Papa finalizou o seu discurso, recordando que “as ciências e as tecnologias são feitas para o homem e não o homem e o mundo para as ciências e as tecnologias. Elas estão a serviço de uma vida digna e saudável para todos, no presente e no futuro, e tornam a nossa casa comum mais habitável e solidária, mais cuidada e protegida”.
Fonte: Aleteia

quinta-feira, 6 de abril de 2017

A oração escondida no fim da Ave-Maria

Se permitirmos, Nossa Senhora nos acompanhará 
“…rogai por nós pecadores, agora e na hora de nossa morte.”


Eu aprendi essas palavras no início da minha infância. Eu aprendi os sons, a colocação das pausas; eu até dominei a arte de misturar minha voz com outras vozes para formar uma única onda de súplica. Mas depois de anos de Ave-Marias, um dia me ocorreu que havia um pedido escondido nas palavras finais da oração.
“Na hora de nossa morte”. Nós estamos pedindo que Maria reze por nós no momento mais importante de nossa vida, quando a alma deixa o corpo e se coloca diante de Nosso Senhor, quando a eternidade – para o bem ou para o mal – estende-se diante de nós.
Mas, parece-me que a expressão “na hora de nossa morte” pode significar algo a mais. Um ano ou dois atrás eu estava orando na esteira da academia. Em algum momento, eu tive um pensamento: há dois tipos de morte! Não há somente a morte corporal, mas também a morte do eu, a morte do “velho homem” a que São Paulo se refere (a parte de mim voltada a Deus e a parte ligada a mim mesmo e ao pecado).
E não precisamos do apoio de Nossa Senhora no momento dessa “morte” também?
Agora, eu entendo este pedido da Ave Maria, que engloba tudo isso: rogai por mim agora; rogai por mim na hora da minha morte física e rogai por mim no momento das minhas pequenas mortes diárias – naquelas vezes em que sou chamado a enterrar o “velho eu” para que, morto para o pecado, eu possa elevar-me à plenitude da vida em Cristo.
“Retirai a vossa antiga natureza que pertence ao vosso modo de vida anterior …”, diz São Paulo, escrevendo aos Efésios, “e revestiram-se da nova natureza, criada segundo a semelhança de Deus”.
“Desconsiderar nossa velha natureza” não é uma espécie de morte? Uma morte que também tememos e da qual fugimos diariamente? Às vezes sinto-me tentada a pensar que um martírio corporal de uma só vez soa relativamente simples, em comparação com a perspectiva de sacrificar minha vontade dia após dia.
É aqui que entra Nossa Senhora. Posso correr até ela com meus medos, com minhas imagens terríveis sobre o que o futuro me reserva e com minha fraqueza absoluta. Rogai por mim AGORA – em todos os meus problemas atuais, medos e lutas. E na hora da morte – nessas horas de pequenas mortes de si mesmo e na hora do fim, em que eu vou ser levado diante do tribunal.
Assim como ela ficou com Cristo até o último momento, ela nos acompanhará, se a deixarmos. Ela deseja nos sustentar em nossas mortes diárias para que ela possa nos ver chegar vitoriosos diante de Cristo em nossa derradeira hora .
Nossas batalhas são reais! Nossas pequenas lutas contam! Mas não podemos conquistá-las sozinhos. Rezemos fervorosamente, então, com sinceridade e confiança à nossa Mãe fiel:
Santa Maria, Mãe de Deus, rogai por nós pecadores, agora e na hora de nossa morte. Amém

Fonte: Elizabeth Zuranski




segunda-feira, 3 de abril de 2017

Encontro Estadual de Formação 2017

A Renovação Carismática Católica no Piauí está em festa, neste último final de semana (01, 02) aconteceu o EEF – Encontro Estadual de Formação no Liceu Piauiense, o encontro é a oportunidade de receber o direcionamento para os trabalhos ministeriais ao longo do ano, bem como uma oportunidade para a oração e vivência fraterna. Logo pela manhã o movimento foi agraciado pela Santa Missa celebrada por Padre Jeferson, da diocese de Bom Jesus, no sul do estado e co-celebrada por Padre Alcino, que é o novo assessor eclesial do movimento no estado.

Este ano o encontro estadual reuniu centenas de pessoas de todas as dioceses do estado, todos os ministérios realizaram workshop’s, que são verdadeiras oportunidades de partilhas de experiências e formação sobre o movimento, o servir e a própria prática ministerial. Estiveram presentes no EEF 2017, a coordenadora nacional do ministério por cura e libertação, Marizete Nascimento, os coordenadores nacionais do ministério para famílias Valdo Braga Landim e Sandra Cabedo Landim, a coordenadora nacional do ministério para crianças Anabelly Medeiros e o coordenador do ministério de comunicação social  Jersey Simon.

A Presidente do Conselho estadual da RCCPI apresentou, nesta oportunidade, o Conselho estadual, bem como a equipe, que neste biênio foi escolhida para a missão. O sentimento de gratidão e amor ao Pai de misericórdia inundou a todos que viveram a experiência de um novo pentecostes neste tempo.
As pregações na manhã do domingo conduziram a reflexão sobre à história da RCC no estado, com Claudina Paz, da arquidiocese de Teresina, em seguida Marizete pregou acerca do tema deste ano: o Espírito Santo descerá sobre ti (Lc 1, 35), “Renovação Carismática Católica acorde, você cresceu porque você orou, abra o coração novamente e volte a oração e o novo pentecostes não acontecerá apenas num momento, numa época, acontecerá cotidianamente na sua vida”.


Carta aos Carismáticos do Brasil

Leia abaixo a carta 01/2017 à Renovação Carismática Católica do Brasil, escrita pela presidente do Conselho Nacional da RCC, Katia Roldi Zavaris. As cartas bimestrais trazem partilhas e direcionamentos espirituais para o trabalho de evangelização desenvolvido pelo movimento em todo o Brasil. É muito importante que você compartilhe este documento com o seu Grupo de Oração.




CARTA À RENOVAÇÃO CARISMÁTICA CATÓLICA DO BRASIL

Doc. 01/2017

Vitória/ES, 31 de março de 2017.

Queridos irmãos e irmãs, amada família carismática, que a paz de Jesus esteja em plenitude com cada um de vocês!
Ao escrever esta carta, tenho um profundo sentimento de gratidão por tudo que vivemos em Duquesne/Pensilvânia, nos Estados Unidos, durante a conferência em comemoração ao Jubileu de Ouro da RCC no mundo, que aconteceu entre os dias 15 e 19 de fevereiro de 2017, data que marca os cinquenta anos do “Final de Semana de Duquesne”, quando teve início a Renovação Carismática Católica.
Gratidão que se redobrou também pelos muitos eventos e “grupos de oração de ouro”, que aconteceram em todo Brasil, como uma referência ao nosso sentimento brasileiro: “Duquesne é aqui!” – vivemos em nossa nação um verdeiro Pentecostes! Foram dias de muitas bênçãos e de muitas graças. Dias para louvar a Deus por estes cinquenta anos de caminhada, mas também dias para escutarmos de Deus o direcionamento para o caminho que temos à nossa frente. Um caminho ainda não percorrido no qual desejamos que cada passo que dermos seja conduzido pelo Espírito Santo.
Neste sentido, gostaria de partilhar com vocês algumas das coisas que o Senhor nos tem falado quando nos reunimos, seja através da voz de nossos pioneiros, seja através da voz da Igreja, nos pronunciamentos do Papa, dos bispos e dos padres, seja através de pregações ou até de profecias.
Em nosso Encontro Nacional de Formação (ENF) do ano Jubilar, o direcionamento foi claro: buscar com empenho o fortalecimento da nossa verdadeira identidade, o uso dos carismas e com toda a dedicação e determinação uma vida de santidade. Gostaria de lhes pedir que coloquem nisso todo empenho. E também que oremos pedindo a Deus que, por meio de Seu Espírito Santo, nos capacite a sermos verdadeiros carismáticos, segundo o Seu coração.
Importante aqui recordar o momento quando, durante a minha pregação, contemplamos a bandeira do Brasil, ao que os convidei a observar o lema “Ordem e Progresso”. Este lema remete à reflexão sobre o ordenamento divino, a harmonia do Pai, a ordem em Deus para o progresso espiritual de Seus filhos – uma nação carismática apaixonada pelo Senhor Jesus.
Desejo ainda partilhar com vocês aspectos importantes da primeira pregação da presidente do ICCRS, Michelle Moran, neste evento nos Estados Unidos que mencionei acima. O tema de sua pregação foi "Para onde o Senhor está nos levando?".
Michelle insistiu que precisamos "ver no Espírito e continuar caminhando nesta visão". Ela tocou a todos quando disse: “Eis a diferença: Ver no poder do Espírito! Avançar na visão que o Senhor está nos dando! E Não ficarmos na superfície”. Disse ainda que este é um "tempo de ouro" e que precisamos acreditar nas surpresas do Espírito Santo. Ela levou-nos a ver o jubileu além das celebrações em si e nos convocou a irmos além das coisas históricas e dos fatos, a abrir-nos a um Kairós, a um tempo de visitação, a um mover novo de Deus. A partir daí, Michelle falou sobre a necessidade de estarmos preparados para o que o Senhor fará, através do Seu Espírito, daqui para frente!
Usando o Salmo 23, 7 (“Levantai, ó portas os vossos dintéis! Levantai-vos, ó pórticos antigos, para que entre o rei da glória!”), ela falou sobre as portas que o Espírito Santo está abrindo neste tempo e pediu-nos que não as fechássemos.
Mostrou-nos também um lado diferente do Jubileu: o silêncio! Pediu que a liderança conduzisse o povo, através dos grupos e das comunidades, ao deserto, para que com a docilidade ao Espírito, ouvissem o que Deus está pedindo em cada realidade.
Portanto, amados irmãos e irmãs, sejamos aquilo que fomos chamados a ser dentro da Igreja: verdadeiros carismáticos, vivendo a nossa identidade plenamente, progredindo sempre e, como o Papa Francisco nos exorta, espalhando a graça de Pentecostes para o mundo todo.
Peçamos a intercessão de nossa amada Mãe, Nossa Senhora Aparecida, para que possamos dar um SIM generoso àquilo que Deus pede de nós e assim, como ela, possamos estar sempre abertos à graça do Espírito!
Vem, Espírito Santo! Veni Creator Spiritus!

Katia Roldi Zavaris
Presidente do Conselho Nacional da RCCBRASIL
Ano do Jubileu de Ouro da Renovação Carismática Católica  

Fonte: RCC Brasil

Encontro de Ministérios - Diocese de Campo Maior


A Renovação Carismática Católica nesse ano jubilar tem como um dos direcionamentos formar os servos ministeriados dos Grupos de Oração. Assim, A RCC – Diocese de Campo Maior-PI promoverá nos dias 22 e 23 de abril no Patronato Nossa Senhora de Lourdes em Campo Maior, o Encontro de Ministérios. 
 
O encontro reunirá servos dos grupos de oração do Movimento e contará com a presença de coordenadores estaduais/diocesanos de Ministérios, bem como Santa Missa, pregações, workshops específicos para formação dos ministérios e fortes momentos de oração.
Irmãos e irmãs, servos dos Grupos de Oração, participem! Vamos vivenciar esse importante encontro de formação na RCC Campo Maior.
Para mais informações: procure o seu coordenador de Grupo de Oração.

Ministério de Comunicação Social
Diocese de Campo Maior

RCC disponibiliza formação On-line para evangelizadores de crianças


A RCCBRASIL oferecerá, a partir do mês de abril, uma nova oportunidade de formação para os servos que trabalham com a evangelização de crianças e adolescentes. Organizado pelo Ministério para as Crianças, a Formação para Evangelizadores de Crianças e AdoleSantos é o primeiro curso online da RCCBRASIL a abordar esta temática.
Ministrado por lideranças do Ministério para Crianças, o curso é feito por meio de videoaulas que apresentam fundamentação teórica para a evangelização de crianças e adolescentes e também ensinam a fazer atividades e brincadeiras adequadas a cada faixa etária, para que os alunos possam aplicar nas comunidades e que as crianças e adolescentes possam fixar a mensagem do Evangelho.
De acordo com Márcia Dalva, gerente educacional do Instituto de Educação a Distância da RCCBRASIL, o tempo dedicado à formação é de cerca de 60 horas, que incluem as videoaulas, as leituras complementares e a participação nos fóruns de discussão do ambiente virtual. Ainda segundo Márcia, a grande vantagem de uma formação à distância é que o aluno pode escolher quando e onde fará as formações, estabelecendo a própria rotina de estudos.

Inscrições
As inscrições para fazer o curso já estão abertas. As primeira turmas são reservadas aos coordenadores estaduais e diocesanos do Ministério, assim como representantes por eles indicados. Esta primeira fase já está aberta e vai até o dia 31/03/2017. As aulas de quem se inscrever na primeira fase serão iniciadas no dia 10 de abril de 2017.
Já na segunda fase de inscrições, poderão se inscrever todos os demais servos do Ministério, assim como coordenadores de Grupos de Oração. As inscrições para a segunda fase estarão disponíveis de 06 a 30 de abril de 2017, com início das aulas no dia 10 de maio. A partir de maio, as inscrições estarão abertas a todos os interessados.
Neste primeiro momento, a RCCBRASIL está oferecendo um subsídio de R$ 20,00 para quem se inscrever. Com isso, o valor de inscrição que é de R$ 75,00 passará para R$ 55,00. Esse valor é pago uma única vez, no momento da inscrição.
Quem desejar inscrever-se, basta clicar aqui.
Para saber mais informações sobre o curso e a metodologia, basta clicar aqui.
Fonte: RCC Brasil

sexta-feira, 31 de março de 2017

COMUNICADO IMPORTANTE!


Comunicamos que todas as pessoas que realizaram sua Inscrição para o Encontro Estadual de Formação 2017 do Piauí, no período de 26/03 a 31/03 após o encerramento do período promocional, e que teve a emissão dos boletos com os preços promocionais no valor de R$ 20,00 ou R$ 25,00 e que ainda não efetuaram o pagamento, "FAVOR REALIZAR NOVA INSCRIÇÃO" pois automaticamente estas inscrições estão invalidadas.
Não será necessário preencher o questionário novamente, apenas clicar nas opções de inscrição no botão "pagar".
Para os que já efetuaram pagamento, favor entre em contato pelo telefone (86) 9 9422-0072 WhatsApp.
Agradecemos a compreensão!

Atenciosamente,

Renovação Carismática Católica do Piauí


Para realizar Nova Inscrição acesse o link: Clique Aqui


 

 
Copyright © 2015 RCC PIAUÍ - Renovação Carismática Católica do Piauí. Desenvolvido por Ministério de Comunicação Social