DESTAQUES

Notícias Nacional

Notícias diocesanas

Ministérios

A Igreja

quinta-feira, 5 de outubro de 2017

Confira a agenda de Congressos diocesanos da RCC PI

Estamos em ano jubilar, são 50 anos de Renovação Carismática Católica no mundo, cheios desta graça, convidamos você a conferir nossa agenda e se programar para participar do Congresso Diocesano mais perto de você! Você faz parte desta história de amor! Programe-se para participar em sua diocese ou para conhecer e visitar outras dioceses!





*Congresso Diocesano de Oeiras 7,8 de outubro
Local: Centro de eventos Dom Expedito Lopes

*Congresso Diocesano de Parnaíba 21, 22 de outubro
Local: SENAI - Avenida Capitão Claro

*Congresso Diocesano de Bom Jesus 27, 28, 29 de outubro
Local: Centro São Pedro Nolasco

Participe desta festa jubilar!

sábado, 23 de setembro de 2017

"Eis que estou à porta e bato" é tema da RCC para 2018

O Conselho Nacional da RCCBRASIL, que está reunido em Aparecida (SP) desde a última quarta-feira, 20, discerniu a temática que deverá acompanhar as missões, encontros e ser trabalhada nas reuniões de oração dos Grupos de Oração. “EIS QUE ESTOU À PORTA E BATO” (Ap 3,20a) foi a passagem que o Senhor inspirou.
Confira abaixo o texto escrito pelo arcebispo de Belém do Pará e assessor eclesiástico da RCCBRASIL, Dom Alberto Taveira Corrêa, acerca do tema discernido. Pedimos que esta mensagem seja repassada a todos os Grupos de Oração do Brasil.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

A Renovação Carismática Católica do Brasil, em seu Conselho Nacional, reunido em Aparecida (SP), em sua reunião ordinária, buscou, em oração intensa, o discernimento do tema do ano de 2018, em vista da continuidade de suas atividades específicas, de modo especial nos Grupos de Oração espalhadas por todo o nosso país.

Assim, propomos que todas as atividades da RCCBRASIL sejam iluminadas no próximo ano (2018) pelo tema agora escolhido e divulgado:

“EIS QUE ESTOU À PORTA E BATO” (Ap 3,20a)


Desejamos estar unidos aos apelos da Igreja, manifestados no Documento de Aparecida:

“A Igreja necessita de uma forte comoção que a impeça de se instalar na comodidade, no estancamento e na indiferença, à margem do sofrimento dos pobres do Continente. Necessitamos que cada comunidade cristã se transforme num poderoso centro de irradiação da vida em Cristo. Esperamos um novo Pentecostes que nos livre do cansaço, da desilusão, da acomodação ao ambiente; esperamos uma vinda do Espírito que renove nossa alegria e nossa esperança. Por isso, é imperioso assegurar calorosos espaços de oração comunitária que alimentem o fogo de um ardor incontido e tornem possível um atrativo testemunho de unidade “para que o mundo creia” (Jo 17,21). A força deste anúncio de vida será fecundo se o fazemos da forma adequada, com as  atitudes do Mestre, tendo sempre a Eucaristia como fonte e alvo de toda atividade missionária. Invocamos o Espírito Santo para poder dar um testemunho de proximidade que entranha proximidade afetuosa, escuta, humildade, solidariedade, compaixão, diálogo, reconciliação, compromisso com a justiça social e capacidade de compartilhar, como Jesus fez. Ele continua convocando, continua oferecendo incessantemente uma vida digna e plena para todos. Nós somos agora, na América Latina e no Caribe, seus discípulos e discípulas, chamados a navegar mar adentro para uma pesca abundante. Trata-se de sair de nossa consciência isolada e de nos lançarmos com ousadia e confiança à missão de toda a Igreja. Esta firme decisão missionária deve impregnar todas as estruturas eclesiais e todos os planos pastorais de dioceses, paróquias, comunidades religiosas, movimentos e de qualquer instituição da Igreja. Nenhuma comunidade deve se isentar de entrar decididamente, com todas suas forças, nos processos constantes de renovação missionária e de abandonar as ultrapassadas estruturas que já não favoreçam a transmissão da fé. A conversão pessoal desperta a capacidade de submeter tudo a serviço da instauração do reino da vida. Os bispos, presbíteros, diáconos permanentes, consagrados e consagradas, leigos e leigas, são chamados a assumir uma atitude de permanente conversão pastoral,  que envolve escutar com atenção e discernir “o que o Espírito está dizendo às Igrejas” (Ap 2,29) através dos sinais dos tempos nos quais Deus se manifesta" (Cf. Documento de Aparecida 363-366).

No ano de 2018 a RCC quer ler e rezar as Sete Cartas às Igrejas, do Livro do Apocalipse (Ap 2-3), proporcionando caminhos para a renovação contínua de suas estruturas e atividades.

Procuro abrigo nos corações
De porta em porta desejo entrar, 
Se alguém me acolhe com gratidão
Faremos juntos a refeição!

Eu nasci pra caminhar assim, 
Dia e noite vou até o fim, 
O meu rosto o forte sol queimou,
Meu cabelo o orvalho já molhou
Eu cumpro a ordem do meu coração.

Vou batendo até alguém abrir,
Não descanso, o amor me faz seguir, 
É feliz quem ouve a minha voz, 
e abre a porta eu entro bem veloz, 
Eu cumpro a ordem do meu coração...

Aqui dentro o amor nos entretém, 
E lá fora o dia eterno vem, 
Finalmente nós seremos um, 
E teremos tudo em comum, 
Eu cumpro a ordem do meu coração!

(Canto: Procuro Abrigo; Letra: D. Carlos A. Navarro; Música: Waldeci Farias)


Dom Alberto Taveira Corrêa
Arcebispo de Belém do Pará
Assessor Eclesiástico da RCCBRASIL
 Fonte: http://www.rccbrasil.org.br/institucional/mais-lidas-conselho-nacional/1198-qeis-que-estou-a-porta-e-batoq-e-o-tema-da-rcc-para-2018.html

quinta-feira, 14 de setembro de 2017

RCC Floriano realiza Congresso de Ouro


Em ano de Jubileu de Ouro da Renovação Carismática Católica, os diversos congressos espalhados mundo afora comemoram a grande graça manifestadas a 50 anos atrás em Duquesne. No último final de semana, no estado do Piauí (08, 09, 10) foi a vez da diocese de Floriano, o Congresso foi marcado por fortes momentos de oração, convivência fraterna e homenagem a todos aqueles que disseram sim ao movimento nestes  26 anos de RCC na diocese de Floriano: ex coordenadores diocesanos, a atual coordenadora estadual Nilde Freitas e representando todos os ex coordenadores estaduais, Carlos César Sales, ex coordenador estadual bem como Frei Claúdio, sacerdote presente na festa jubilar que recebeu a comenda em forma de gratidão a todos os sacerdotes por seu sim e doação de vida. 


Pregaram no Congresso Leandro Rabelo, Coordenador Estadual do Ministério de Pregação do estado do Rio de Janeiro, Padre Alcindo, assessor eclesiástico da Renovação Carismática Católica no estado do Piauí, Nilde Freitas, coordenadora estadual da RCC e Maria Deusina coordenadora diocesana da  RCC. Entre danças, pregações, música,partilhas foi possível perceber este coração pulsante de Jesus na vida do movimento que é Igreja, para a Igreja e com a Igreja.


O momento central a Santa Missa, nos conduziu a Jesus Eucarístico e ao Seu Amor sem medidas, estiveram presentes membros dos diversos grupos de oração espalhados pela cidade e de outras cidades, como Uruçui, Guadalupe e São José do Peixe. A Adoração ao Santíssimo reuniu diversas pessoas em um só coração.

A Festa do Jubileu de Ouro continua e no próximo final de semana é a vez da arquidiocese de Teresina. Veni Creator Spiritus. 

quinta-feira, 31 de agosto de 2017

Lançado o subsídio de preparação espiritual para o Jubileu de Ouro da RCCBRASIL

O Conselho Nacional da Renovação Carismática Católica do Brasil lançou nessa sexta-feira (25/08/17) o subsídio de preparação espiritual para o Jubileu de Ouro da RCCBRASIL, que será celebrado em 2019.
Portanto, os carismáticos de todo o Brasil são convidados a se prepararem espiritualmente para o Jubileu. Essa preparação é fundamental, pois iremos celebrar os 50 anos que a Renovação Carismática Católica chegou em nossa nação e, desde então, vem sendo meio de transformação de vidas.
Em maio de 2016, o Conselho Nacional da RCCBRASIL realizou um Retiro na Terra Santa, e a partir dele, discerniu e aprovou uma proposta para o Jubileu de Ouro, que consiste em três etapas, cada qual fundamentada numa palavra-chave. Em 2017, vamos refletir e pedir o Perene Pentecostes e a virtude teologal exercitada será a da fé.
Acesse o link a seguir e baixe o subsídio: 
http://materiais.rccbrasil.org.br/perenepentecostes 

Fonte: RCC Brasil

segunda-feira, 21 de agosto de 2017

'Alzheimer espiritual' gera medo e insegurança, diz Papa

Cidade do Vaticano (RV) - "Aquilo que herdaste de teus pais, conquista-o para fazê-lo teu".
A frase do escritor alemão Johann Goethe, tirada da sua obra "Fausto", é o tema do "XXXVIII Encontro para a amizade entre os povos", tema que "convida a refletir sobre aspectos da existência que a cotidianidade frequentemente faz colocar entre parênteses", lê-se na mensagem que o Papa Francisco enviou aos participantes do evento realizado na cidade de Rímini, organizado pela Comunhão e Libertação.
 
A herança dos pais não é um fardo inútil
Na sociedade de hoje - lê-se na mensagem assinada pelo Cardeal Parolin - "um dos limites é aquele de ter pouca memória" -  "livrar-se como fardo inútil daquilo que nos precedeu", com "consequências graves" para as novas gerações, que não podem crescer sem tomar decisões baseadas na história passada.
O mesmo pode acontecer também com os cristãos. "Sabemos - recorda o texto - que o amor de Cristo não conhece fronteiras" e que a partir da Criação as "marcas da presença de Deus ao longo da história são inúmeras", mas "Deus não é uma recordação, é uma presença a ser acolhida sempre de novo".
Alzheimer espiritual provoca medo e insegurança
Neste sentido, o Papa Francisco alerta os batizados para uma doença que chama de "Alzheimer espiritual", cujo sintoma é "esquecer a história de nossa relação pessoal com Deus, aquele primeiro amor que nos conquistou até nos fazer seus".
"Se nos tornamos esquecidos - recorda o Papa - não somos mais seguros de nada", "somos assaltados pelo medo" e "nos tornamos presa dos carpichos, escravos dos 'falsos infinitos' que prometem a lua, mas nos deixam desiludidos".
O caminho para evitar tudo isto é "atualizar o início, o primeiro amor, que não é um discurso ou pensamento abstrato, mas uma Pessoa". Somente assim - explica o Papa - saberemos enfrentar e responder a tantos novos desafios".
Não olhar a realidade da sacada ou de um sofá
"A herança da fé e o amor de Jesus - lê-se ainda na mensagem - chegam até nós por meio da vida da Igreja" e por meio do testemunho daqueles que "há dois mil anos renovam o anúncio do acontecimento do Deus-conosco e nos permitem reviver a experiência do início como foi para os primeiros que O encontraram".
Recuperar portanto a memória daquele momento, "conquistar a própria identidade", é o esforço que a Igreja chama a cada geração a realizar.
Neste contexto, o  convite de Francisco é para não se deixar "assustar pelas dificuldades que fazem parte do caminho" e sobretudo "a não olhar a realidade e o mundo da sacada", mas a vivê-la como ocasião de anúncio alegre do Evangelho, justamente tendo conquistado "o verdadeiro, o belo e o bom que os nossos pais deixaram para nós".
Ser testemunhas da esperança e responder à necessidade de Deus no mundo
O Papa convida os organizadores e os voluntários do Encontro a "aguçar a vista para perceber os tantos sinais da necessidade de Deus, como sentido último da existência", de modo a "poder oferecer às pessoas respostas vivas para as grandes interrogações do coração humano".
Os votos, por fim, são para serem "testemunhas confiáveis da esperança que não desilude" e de falar aos visitantes que chegarão ao evento, com os encontros, as mostras, os espetáculos, mas acima de tudo, com a própria vida".
Fonte: Rádio Vaticano Via: (JE/GC)

sexta-feira, 18 de agosto de 2017

CNBB estimula Jornada de Oração e Jejum pelo Brasil por ocasião do Dia da Pátria

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) convida a todos para uma Jornada de Oração pelo Brasil, a ser realizada nas comunidades, paróquias, dioceses e regionais do país, de 1º a 7 de setembro próximo. Os bispos decidiram mobilizar os cristãos, por meio da oração, após a análise da realidade brasileira feita na última reunião do Conselho Episcopal Pastoral da entidade, dias 10 e 11 de agosto.
O Dia de Oração e Jejum sugerido é o dia 7 de setembro, data que marca a Independência do Brasil. Além da carta, enviada a todos os bispos brasileiros, foi enviada também uma oração (confira abaixo), a mesma enviada por ocasião da celebração de Corpus Christi, com uma pequena adaptação na última prece.
Segundo o bispo auxiliar de Brasília e secretário-geral da CNBB, dom Leonardo Steiner, a Jornada de Oração é uma oportunidade para que os cristãos e pessoas de boa vontade, que querem um Brasil melhor, mais fraterno e não dividido, se unam.
 
“Nós estamos necessitados de um novo Brasil, mais ético; de uma política mais transparente. Nós não podemos chegar a um impasse de acharmos que a política pode ser dispensada. A política é muito importante, mas do modo do comportamento de muitos políticos, ela está sendo muito rejeitada dentro do Brasil. Nós esperamos que esse dia de jejum e oração ajude a refletir essa questão em maior profundidade.”
Um dos trechos da oração, encaminhada a todos os bispos do país pelo Conselho Episcopal Pastoral (Consep), pede:
 
“Ajudai-nos a construir um país justo e fraterno. Que todos estejamos atentos às necessidades das pessoas mais fragilizadas e indefesas! Que o diálogo e o respeito vençam o ódio e os conflitos! Que as barreiras sejam superadas por meio do encontro e da reconciliação! Que a política esteja, de fato, a serviço da pessoa e da sociedade e não dos interesses pessoais, partidários e de grupos”.


Veja a íntegra da oração:
JORNADA DE ORAÇÃO PELO BRASIL
Semana da Pátria
1º a 07 de setembro de 2017
07 de setembro – dia da Pátria: Vida em primeiro lugar
A paz é o nome de Deus” (Papa Francisco)
Diante do grave momento vivido por nosso país, dirijamos nossa oração a Deus, pedindo a bênção da paz para o Brasil.
Pai misericordioso, nós vos pedimos pelo Brasil!
Vivemos um momento triste, marcado por injustiças e violência. Para construirmos a justiça e a paz, em nosso país, necessitamos muito do vosso amor misericordioso, que nunca se cansa de perdoar.
Pai misericordioso, nós vos pedimos pelo Brasil!
Estamos indignados, diante de tanta corrupção e violência que espalham morte e insegurança. Pedimos perdão e conversão. Nós cremos no vosso amor misericordioso que nos ajuda a vencer as causas dos graves problemas do País: injustiça e desigualdade, ambição de poder e ganância, exploração e desprezo pela vida humana.
Pai misericordioso, nós vos pedimos pelo Brasil!
Ajudai-nos a construir um país justo e fraterno. Que todos estejamos atentos às necessidades das pessoas mais fragilizadas e indefesas! Que o diálogo e o respeito vençam o ódio e os conflitos! Que as barreiras sejam superadas por meio do encontro e da reconciliação! Que a política esteja, de fato, a serviço da pessoa e da sociedade e não dos interesses pessoais, partidários e de grupos.
Pai misericordioso, nós vos pedimos pelo Brasil!
Vosso Filho, Jesus, nos ensinou: “Pedi e recebereis”. Por isso, nós vos pedimos confiantes: fazei que nós, brasileiros e brasileiras, sejamos agentes da paz, iluminados pela Palavra e alimentados pela Eucaristia.
Pai misericordioso, nós vos pedimos pelo Brasil!
Vosso filho Jesus está no meio de nós, trazendo-nos esperança e força para caminhar. A comunhão eucarística seja fonte de comunhão fraterna e de paz, em nossas comunidades, nas famílias e nas ruas.
Pai misericordioso, nós vos pedimos pelo Brasil!
Neste ano em que celebramos os 300 anos do encontro da imagem de Nossa Senhora Aparecida, queremos seguir o exemplo de Maria, permanecendo unidos a Jesus Cristo, que convosco vive, na unidade do Espírito Santo.
Amém!
(Pai nosso! Ave, Maria! Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo!)

Veja a íntegra da carta:
alt
Fonte: CNBB , RCC Brasil

quinta-feira, 17 de agosto de 2017

Vigília pela Nação Brasileira, participe!

Com o objetivo de intensificar a intercessão pelo país, o Ministério de Fé e Política da RCC do Brasil está preparando a Vigília pela Nação Brasileira, que vai acontecer das 22h do dia 06/09 (quarta-feira) até as 06h do dia 07/09, dia da independência do Brasil (feriado nacional).  O tema dessa edição “Mestre, trabalhamos a noite inteira e nada apanhamos; mas por causa de tua palavra, lançarei a rede” (Lc 5, 5) é uma motivação espiritual para que todos os brasileiros permaneçam atentos à palavra de Jesus, sem jamais desistir da graça de Deus mediante as adversidades encontradas no caminho. Como lema a Vigília traz a passagem do Livro do profeta Jeremias: "Não desanimeis nem tenhais medo, por causa dos boatos que correm pelo país. Cada ano, um boato: é a violência no país, um ditador depois do outro. Por isso, o dia chegará quando virei acertar contas com os ídolos da Babilônia” (Jr 51, 46-47a). Como todos os anos, a Vigília vai acontecer em Brasília, na Catedral Metropolitana (Esplanada dos Ministérios), porém, os carismáticos que não puderem viajar para o evento podem participar organizando a Vigília nas suas dioceses e paróquias. Na Vigília em Brasília, entre os presentes estarão Dom José Aparecido, bispo auxiliar de Brasília e Katia Roldi Zavaris, presidente do Conselho Nacional da RCCBRASIL.   Em 2017, a programação da Vigília será conduzida pelo Conselho Nacional do Movimento. Três dias de Jejum pela Nação Uma das moções de Deus para a edição desse ano é a passagem bíblica do livro de Ester: 1 / 2 Prepare-se para a Vigília pela Nação Brasileira 2017 Sex, 11 de Agosto de 2017 18:30 "Procura reunir todos os judeus que se encontram em Susa, e fazei um jejum por mim. Nada comais e bebais durante três dias e três noites. Também eu com minhas escravas jejuaremos da mesma forma. Depois, me apresentarei ao rei, mesmo contrariando o preceito. Se for preciso morrer, morrei." (Est 4, 16). Fazendo alusão à passagem lema do evento,  todos os carismáticos são convidados a jejuarem três dias (05, 06 e 07 de setembro), clamando ao Senhor que tenha misericórdia da Nação Brasileira. O jejum é também uma forma de preparar e fortalecer ainda mais os cristãos brasileiros que buscam na oração a transformação da nação. Prepare-se para participar de onde você estiver! As pessoas que não poderão participar do evento (em Brasília) podem se organizar na sua cidade/diocese para que esse momento de oração aconteça simultaneamente por todo o Brasil, como explicou o coordenador nacional do Ministério Fé e Política, Sérgio Zavaris: “Desde sua primeira edição, em 2014, a vigília é sempre uma mobilização conclamada para todos os estados e dioceses da RCC. Neste sentido, a orientação é que cada diocese verifique a possibilidade de mobilizar ao menos uma igreja para acolher a  Vigília pela Nação Brasileira " . Participe! A Vigília começa as 22h do dia 06/09 (quarta-feira) e termina as 06h do dia 07/09 (Feriado Nacional- Independência do Brasil).

Fonte: RCC Brasil

quarta-feira, 9 de agosto de 2017

Frente Missionária: Vai que eu andarei pelos seus pés e falarei pela sua boca

No último final de semana (5,6) a cidade de Oeiras recebeu a Frente Missionária, composta e organizada pelo conselho, pela equipe estadual da Renovação Carismática Católica no Piauí (RCC PI) e seu núcleos, cerca de 100 missionários  participaram da ação que percorreu as ruas da capital da fé, que completa 300 anos de emancipação, durante a missão várias casas foram visitadas e além do anúncio querigmático a população foi convidada a participar da Santa Missa e de um louvor realizado após a celebração, no domingo à noite .
Os missionários visitaram também o hospital e o presídio da cidade, levando a evangelização através da arte. Impulsionados pela palavra da nossa presidente nacional Kátia Roldi Zavaris, em sua carta aos membros do ministério, que diz: Vai, que eu andarei pelos seus pés e falarei pela sua boca, os missionários vindos de todas as dioceses do estado do Piauí abraçaram o chamado a missão, a Santa Missa celebrada por Dom Eduardo, novo bispo da diocese de Oeiras foi celebrada a céu aberto e em suas palavras o bispo motivava os fiéis ao seguimento da pessoa de Jesus Cristo.

Os missionários que partiram no início da tarde do domingo, carregavam no peito a graça do amor de um povo que tão bem os recebeu. 
O pároco Padre Possidonio afirmou na homilia que a Paróquia Nossa Senhora da Vitória é como a casa da mãe que arruma tudo para o filho que veio de viagem, e externou seu desejo de que os missionários permanecessem naquele local, desejo reafirmado pela presidente do conselho estadual da RCC PI, Nilde Freitas que expressou o desejo em nome de todos os missionários de ali permanecerem, em tendas armadas, num gesto de profundo amor e gratidão por tão grande acolhida. A RCC  PI agradece a Dom Edilson Nobre, Padre Possidonio, Padre José Francisco e a todo o clero que tão bem recebeu e amou a cada missionário presente nesta missão de amor!  

quarta-feira, 2 de agosto de 2017

Conselho Estadual realiza mais uma Frente Missionária

Se aproxima mais uma frente missionária, organizada pela RCC PI, se trata de um verdadeiro transbordar da graça. A Frente missionária é uma missão que acontece num final de semana em uma das dioceses do estado do Piauí, esse ano ela  será realizada  nos dias 5 e 6 de agosto, em Oeiras.
"Não podemos deixar de reconhecer os prodígios que o Espirito Santo tem feito de modo particular em cada vida que é transformada, resgatada e reavivada e por que não dizer ressuscitada a cada experiência vivida em nossos Grupos de Oração e encontros promovidos pela Renovação Carismática Católica.

Há um mandato que impulsiona nosso movimento a proclamar a palavra a sair pelas paragens mais longínquas e deixar-se conduzir pelo espirito e a não temer.
Reporto-me agora a visualização proclamada pela nossa Presidente do Conselho Nacional Kátia Zavaris, e partilhada em sua pregação na festa do jubileu, em que o senhor mostrava uma imagem e dizia “vai, que eu andarei pelos seus pés e falarei pela sua boca”, afirma Nilde Freitas, presidente do Conselho Estadual da RCCPI." Toda o Conselho estadual, equipe estadual e seus núcleos são convidados a participar!

Reze por essa missão!


 
Copyright © 2015 RCC PIAUÍ - Renovação Carismática Católica do Piauí. Desenvolvido por Ministério de Comunicação Social