DESTAQUES

sábado, 14 de novembro de 2015

Intercessão - Rezar o terço e adoração não é intercessão!

Intercessão no Grupo de Oração - Desenvolvimento da Reunião da Intercessão



Os membros da equipe de intercessão devem preparar-se antes de ir para a reunião na vivência concreta das práticas espirituais (jejum, meditação do Rosário, Leitura orante da Bíblia, Sacramentos da Confissão e da Eucaristia, Oração Pessoal e Adoração do Santíssimo Sacramento).
O local pode ser numa capela, na casa de um intercessor ou numa sala na paróquia. Não há exigência que seja diante do sacrário. O critério de discernimento deve ser a privacidade e a liberdade no Espírito que os intercessores terão no lugar escolhido.

Na reunião da intercessão sugere-se a seguinte sequência:

a)    Iniciar com a oração de São Miguel Arcanjo;

b)    Orar o Magnificat (cf. Lc 1,46-55), cântico de libertação, pedindo a proteção de Maria Santíssima como mãe e intercessora;

c)    Orar clamando a armadura do Cristão (cf. Ef 6,10-17);

d)    Pedir o dom da humildade (cf. 2 Cor 10,4-5);

e)    Pedir a proteção do Sangue de Jesus sobre nós, nossas casas, famílias, trabalhos, etc (cf. 1 Pd 1,18-19; Rm 5,9).

Obs.: Ressaltamos, contudo que essas orações não são “fórmulas mágicas”, devendo ocupar um breve tempo inicial da reunião, e que só terão eficácia se todos os intercessores estiverem abertos e sendo movidos pelo Espírito Santo de Deus.

f)    Faz-se então um breve momento com oração de perdão individual orando-se uns pelos outros, para que sejamos um canal sem obstruções.

Obs.: A intercessão é uma oração de batalha espiritual, por isso todos precisam do sustento da oração uns dos outros. Mesmo durante a semana podemos recorrer uns ao outros para participar e orar por alguma necessidade pessoal, mas deve ficar bem claro que ao iniciar o grupo de intercessão, os interesses pessoais e preocupações ficam de fora, porque nossa prioridade é prestar um serviço aos irmãos. O nosso enfoque passa a ser o Grupo de Oração e as intenções específicas da RCC.
O grupo deve dispor sempre de um tempo para orar, uns pelos outros, por suas famílias, comunidades e ainda, se for o caso, por alguma necessidade ou problema imediato. Esta intercessão é muito importante e para ela deve ser reservar um tempo determinado, tomando cuidado para não absorver o tempo destinado à finalidade principal da reunião: a intercessão pelas necessidades do Grupo de Oração.

g)    Depois dessas orações iniciais faz-se um grande louvor e oração em línguas.

h)    Em seguida um intercessor apresenta ao Senhor todas as intenções do Grupo de Oração (a Reunião de Oração, o tema da semana, o pregador, os músicos, os demais serviços do Grupo de Oração e os participantes da Reunião de Oração) e as intenções da Rede Nacional de Intercessão (as intenções listadas abaixo), enquanto isso os demais intercessores intercedem orando línguas.

i)    Após cada intenção ter sido apresentada ao Senhor, faz-se um grande louvor agradecendo ao Senhor pela sua Misericórdia e Bondade em acolher todos os nossos pedidos.

j)    Logo após ora-se em línguas e faz-se um momento de escuta (silêncio) para ouvir o Senhor. Neste momento o Espírito Santo pode revelar uma palavra, uma moção ou profecia relacionadas às intenções que foram apresentadas ao Senhor.

k)    Fazer o discernimento e anotar as moções com as confirmações bíblicas se for o caso.

Obs1: O resultado deste discernimento deve ser anotado e encaminhado para a coordenação do Grupo de Oração se o mesmo se referir a pessoas ou fatos relacionados ao Grupo de Oração. Se não se referir ao Grupo de Oração, deve-se encaminhar para a coordenação diocesana do ministério de intercessão que deverá encaminhar para a coordenação que se referir o discernimento. É importante a intercessão ter um caderno com o histórico destas moções e discernimentos.

Obs2: Quando oramos e escutamos o Senhor, estamos exercendo a intercessão profética. Neste momento devemos fazer uso dos carismas de palavra de ciência, profecia ou sabedoria. Estes carismas são muito importantes na intercessão e, para utilizá-los



A INTERCESSÃO NA RCC


Descrição

Neste manual encontram-se as orientações sobre o que é interceder e qual o papel do Ministério de Intercessão nos Grupos de Oração Carismáticos. Aponta citações de intercessão encontradas na bíblia, traz exemplos de orações. De forma rápida, mostra os critérios para a escolha dos intercessores e a participação da intercessão nos eventos.
  
Saiba como adquirir o livro clicando aqui!







Postar um comentário

 
Copyright © 2015 RCC PIAUÍ - Renovação Carismática Católica do Piauí. Desenvolvido por Ministério de Comunicação Social