DESTAQUES

terça-feira, 8 de dezembro de 2015

Missa de abertura da Porta Santa da Basílica de São Pedro


Milhares de fiéis, sacerdotes e religiosos , participaram na manhã dessa terça-feira da Missa de abertura da Porta Santa, na praça da Basílica de São Pedro em Roma, onde Papa Francisco inaugurou para todo o mundo o Ano Santo da Misericórdia.
Na Solenidade da Imaculada Conceição a liturgia,  providencialmente, apresenta a vida nova oferecida por Deus a todas as pessoas, através do ventre imaculado da Virgem Maria. Depois  da criação, Adão e Eva, seduzidos pela serpente são enganados e caem no pecado original. Enquanto, no novo testamento, Maria sem pecado e obediente a Deus, encontra graça diante do Senhor e é escolhida para gerar o Filho de Deus, Salvador de toda a humanidade.
Na homilia, Papa Francisco recordou a graça de Deus que envolveu a Virgem Maria no mistério da Salvação, tornando-a digna de ser a Mãe de Cristo, mostrando que a plenitude da graça transforma o coração, de forma que o sim de Maria, transforma toda a história da humanidade.
O Papa disse ainda que ao cruzar a porta santa, queremos recordar outra porta, que há 50 anos, no Concílio Vaticano II, os padres escancararam para o mundo, além de uma riqueza de documentos que foram um progresso para a fé, mas, primeiro o Concilío foi um encontro entre a Igreja e os homens do nosso tempo.
Com gestos simbólicos, esse ano especial, tem como objetivo gerar uma revolução de ternura e perdão para todas as pessoas.

O Rito da Porta Santa
Após a Santa Missa, o Papa entrou no pórtico da Porta Santa, que é reservada e aberta somente em Ano Santo, quando proclamado pelo Papa. Em rito, inaugurou diante de todos os presentes esse novo tempo para a Igreja, introduzindo a todos o mistério consolador de Cristo, acolhendo toda a humanidade.
Cantando o salmo 121 e 122 ,  o Papa se direcionou ao pórtico da Basílica de São Pedro. Com uma breve oração, o Papa pede ao Senhor um tempo de graça para todo esse ano, com o auxílio do Espírito Santo, a fim de dirigir sempre o olhar para o Senhor Misericordioso, que “ é a porta do qual chegamos até a vós, interceda por nós, Virgem Imaculada”, orou o Pontífice, logo após subiu os degraus para a porta.
“Esta é a Porta do Senhor, por ela entra os  justos: ABRA-ME A PORTA DA JUSTIÇA...” , rezou o pontífice.  Papa Francisco bate três vezes e é o primeiro a passar pela porta, sucedido pelo Papa Emérito Bento XV, em seguida, bispos, sacerdotes e leigos entram na Basílica.
As 11h10, horário da Itália, é aberta a Porta do Senhor! Em seguida, o Papa faz uma oração e finaliza com uma benção final, já no interior da Basílica.  Para as outras Catedrais e Santuários, o mesmo rito será realizado no próximo domingo dia 13, quando o Papa abrirá a Porta Santa na Basílica de São João Latrão, em Roma.


Postar um comentário

 
Copyright © 2015 RCC PIAUÍ - Renovação Carismática Católica do Piauí. Desenvolvido por Ministério de Comunicação Social