DESTAQUES

quinta-feira, 25 de agosto de 2016

Vaticano: Papa presidiu a Missa pelas vítimas do sismo na Itália

Foto: Lusa

Francisco convidou monjas de clausura atingidas por terremoto em 1997



Cidade do Vaticano, 25 ago 2016 (Ecclesia) - O Papa presidiu hoje no Vaticano a uma Missa em sufrágio pelas vítimas do sismo que esta quarta-feira atingiu a região central da Itália, na companhia de monjas de clausura atingidas por um terramoto em 1997.

Francisco rezou pelos mais de 240 mortos e 260 feridos durante o momento das intenções de oração da Eucaristia celebrada na capela da Casa de Santa Marta.

A intenção foi apresentada por umas das clarissas de Santa Maria di Vallegloria, religiosas de clausura simbolicamente presentes na Missa: a comunidade de clausura foi atingida por um terramoto em 1997 e foi obrigada a viver durante 14 anos num espaço provisório.

Francisco quis elogiar o testemunho de “esperança” destas religiosas e sublinhou a importância de entender que “a verdadeira riqueza dos consagrados são os dons do Senhor”.

“Um dos sinais - e isso é matemático, que se vê continuamente - de que uma comunidade religiosa, uma congregação religiosa, está em decadência, é que começa a apegar-se ao dinheiro”, prosseguiu, numa homilia divulgada pelo jornal do Vaticano.

O Papa sublinhou depois que as pessoas reconhecem o “testemunho” de vida das religiosas de clausura.

“As pessoas sabem que ali estão mulheres consagradas que rezam, que apoiam a Igreja com as orações, e isso é um testemunho”, precisou.

Além da Missa pelas vítimas do sismo, Francisco decidiu enviar hoje seis gendarmes do Vaticano para as zonas atingidas pelo terramoto, os quais, em colaboração com a Proteção Civil Italiana, vão estar ao serviço das vítimas.

Já esta quarta-feira, uma equipa de bombeiros do Vaticano tinha seguido para a localidade de Amatrice, uma das mais afetadas pelo sismo, “como sinal concreto da proximidade do Santo Padre”, explicou a Santa Sé em comunicado.

Francisco tinha recordado as vítimas do sismo durante a audiência pública semanal desta manhã, na Praça de São Pedro, manifestando o seu pesar e “grande dor” perante o cenário de morte e destruição.

O terramoto ocorreu às 03h36 locais (02h36 em Lisboa) de quarta-feira, a sudeste de Nórcia, cidade da província de Perúgia, na região da Umbria, seguindo-se réplicas ali e nas regiões de Lácio, nas proximidades de Roma, e das Marcas.

Fonte: Agência Ecclesia

Postar um comentário

 
Copyright © 2015 RCC PIAUÍ - Renovação Carismática Católica do Piauí. Desenvolvido por Ministério de Comunicação Social