Da encíclica, uma exortação para sermos guardiões responsáveis da Terra - RCC PIAUÍ - Renovação Carismática Católica do Piauí

Publicidade::

test banner

Post Top Ad

Anuncie aqui. Fale conosco!

Da encíclica, uma exortação para sermos guardiões responsáveis da Terra

Share This

Poucas horas depois do lançamento, já desfrutava de grande sucesso a encíclica do papa Francisco dedicada à criação e intitulada “Laudato Sì”. Entre as reações positivas, a do bispo de Assis, dom Domenico Sorrentino, que enfatiza o grande envolvimento da cidade-berço de São Francisco, o inspirador do título e dos conteúdos do documento papal.


“Temos a responsabilidade de testemunhar esta grande mensagem seguindo os passos de São Francisco. O papa deu indicações globais que nos permitem identificar o sentido da vida, o sentido da familiaridade, das relações e do bem comum. Se não tivermos este sentido global do mundo e da família, não progrediremos", declarou o bispo. 

Dom Sorrentino publicará em breve o livro "Uma ecologia integral, o Cântico do Irmão Sol e a encíclica do papa Francisco sobre a proteção da criação". No texto, o bispo destaca que "a ecologia integral não pode ficar na ecologia das coisas: oikos é a casa, oikos é a vida, a de todos os seres vivos, a da pessoa humana em todas as fases, da concepção até a morte (...) A oikologia que emerge do Cântico e que o papa Francisco recomenda é uma ecologia de 360​​°, uma ecologia ambiental e humana, espiritual e cultural, econômica e social". 

O frei Domenico Paoletti (OFM), da Pontifícia Faculdade de Teologia "São Boaventura" - Seraphicum, também manifesta a sua grande admiração pela “amplitude e profundidade da encíclica do papa argentino, que requer uma leitura cuidadosa para evitar a banalização e a sujeição a alguma moda ideológica”. 

“O fato de ser um documento muito esperado”, observa Paoletti, “já é um sinal de uma humanidade em busca de luz e de significado em meio a uma crise da qual a destruição do meio ambiente é um sinal e um efeito”. Em particular, ele se concentra no conceito de "ecologia integral", que "significa ecologia total, completa (em oposição a parcial, da qual está cheia certa cultura ambientalista ideológica). Não se pode separar o ambiente do homem e o homem de Deus se, de fato, se quer compreender e viver uma verdadeira ecologia integral: a ecologia humana e a ecologia ambiental caminham juntas, com Deus, para a plenitude e para um abraço total-integral em Deus". 

Fonte: Zenit

Post Bottom Ad

Responsive Ads Here