É hora de acordar para a vida! - RCC PIAUÍ - Renovação Carismática Católica do Piauí

Publicidade::

test banner

Post Top Ad

Anuncie aqui. Fale conosco!

É hora de acordar para a vida!

Share This

"E tudo o que se manifesta deste modo torna-se luz. Por isto (a Escritura) diz: Desperta, tu que dormes! Levanta-te dentre os mortos e Cristo te iluminará (Is 26,19; 60,1)!” (Ef 5, 24). São muitas as situações que por vezes nos aprisionam, nos colocam em estado de dormência, mas diante delas não podemos estabelecer uma condição de conformidade, mas transformá-las pela ação do Espirito Santo (cf. Rm 12,5). Afinal, foi isso que aprendemos no Festival do Senhor deste ano, não é verdade?
Muito me preocupa observar essa “dormência” em muitos servos de Deus, onde em muitas situações me incluo, seja no que diz respeito a nossa missão, nossos relacionamentos, enfim a todas as áreas das nossas vidas. É urgente lembrarmos as palavras de Paulo: “Pois Deus não nos deu espírito de covardia, mas de poder, de amor e de equilíbrio” (2Tm 1,7).
A covardia nos impede de sermos o que Deus deseja que sejamos. Não por acaso a ordem de Deus para não termos medo é a que mais se repete em toda a palavra de Deus e certamente nada nos paralisa mais que o medo. Como rompermos com esse medo? Como dizemos entre os jovens “Só vai!”. E “para irmos”, para fazermos a vontade de Deus, para despertarmos para tudo aquilo que Ele tem para nós, não há outra forma senão nos abandonarmos nEle e confiarmos plenamente.
Um exemplo que trago sempre em mente é o do jovem Josué, estava tudo “ok” para adentrarem a terra prometida liderados pelo servo de Deus, Moisés. O Senhor então chama Moisés para o seu reino dos céus, fico imaginando como deve ter ficado o coração daquele jovem em meio a uma missão tão grande, mas a ordem de Deus para ele foi clara: “Não tenhas medo, enquanto viveres, ninguém te poderá resistir; estarei contigo como estive com Moisés” (cf. Josué 1,6-7). Muitas inseguranças poderiam ainda habitar o seu coração, mas ele confiou e “Só foi!”.
Lembremos de Maria, estava tudo certinho para o seu casamento quando Deus a chama para ser a mãe do Salvador. O anjo lhe diz: “Não temas, Maria..." (cf. Lc1,30). A pergunta que Maria fez ao anjo reflete a que muitas vezes fazemos a Deus: “Como se dará isso?” (cf. Lc 1,34), o anjo acalma o coração dela ao lhe falar que a ação é a do Espirito e ela “Só foi!”.
Muitas vezes os planos que fazemos serão desfeitos, mesmo que aos nossos olhos sejam bons, para que os planos de Deus se realizem plenamente. E é isso que temos de desejar, que os planos de Deus se cumpram, do contrário ficamos paralisados, estagnados.
Certa vez uma jovem partilhava comigo as características do “José” esperado por ela, fiquei inquieto e lhe contei a história de alguns homens de Deus, como Pedro, Paulo e até Zaqueu. Ela estava dormindo sonhando com José e talvez não fizesse caso de Paulo, tão racional, de Pedro por não ser tão carinhoso ou de Zaqueu, que mesmo redimido, lhe pareceu muito pequeno. Precisamos acordar para a vida meu povo!
Muitos de nós estamos dormindo apegados aos nossos sonhos. Um outro exemplo que gostaria de dar é sobre a vida profissional. Na graduação, sonhava em ser calculista de estruturas, era a área que eu mais gostava na engenharia. Quando formei fiquei muito apegado a isso e comecei a ver oportunidades em outras áreas na empresa que eu trabalhava surgindo, principalmente na área de planejamento e orçamento de Obra, que eu detestava. Quando surgiu uma oportunidade nessa área fiquei entre sonhar com a vaga na área que eu gostava ou abraçar uma nova oportunidade. Pedi a Deus um direcionamento colocando no equilíbrio do Espirito que é o discernimento e fui, mesmo não gostando muito, e ao final hoje estou apaixonado pelo que faço.
Gosto muito do ator Britânico Rowan Sebastian Atkinson, criador do personagem Mister Bean. Ele se formou em Engenharia Elétrica e fez até mestrado pela prestigiada Oxford, provavelmente seria um ótimo engenheiro, mas não seria o brilhante comediante que se tornou e alegrou a tantos se não tivesse a capacidade de viver o novo. Não que devemos suprimir nossos sonhos, muito pelo contrário precisamos submete-los a Deus e também sendo os dEle assumirmos a nossa parte na realização. 
Por fim, me permitam trazer em tradução livre, um pouco do que São João Paulo II falou aos Jovens Chilenos em 1987:
“Assumi vossas responsabilidades! Estejam dispostos, animados pela fé no Senhor, a dar ao mundo a razão da vossa esperança (cf. 1P 3, 25). Em vossas mentes há de nascer, e ir tomando forma, propostas de soluções, inclusive audaciosas, não só compatíveis com a vossa fé, mas também exigida por ela. Um sano otimismo cristão roubara desta forma o pessimismo estéril e lhes dará confiança no Senhor!”

Gildean de Araújo Sampaio

Servo do Grupo de Oração Nossa Senhora de Lourdes
Arquidiocese de Teresina


Post Bottom Ad

Responsive Ads Here